Autor

Robson Carlos da Silva

Pedagogo e Especialista em Supervisão Educacional pela Universidade Federal do Piauí/UFPI; Mestre em Educação pelo PPGE/CCE da UFPI; Doutor em História da Educação pelo PPG da Faculdade de Educação/FACED da Universidade Federal do Ceará/UFC; Estágio de Pós-Doutoramento pelo PPGE da Universidade Federal da Paraíba/UFPB, na Linha História da Educação; Professor Associado I/DE (Dedicação Exclusiva) da Universidade Estadual do Piauí/UESPI; Foi Coordenador do Curso de Pedagogia e Diretor do Centro de Ciências da Educação, Comunicação e Artes (CCECA) do Campus Torquato Neto da UESPI; Pesquisa as temáticas de Cultura Brasileira, Cultura Pop, Capoeira, Práticas Educativas não-formais, Currículo, Gênero, Etnias, História, corpo e Memória, Infâncias, Histórias em Quadrinhos (HQs) e Sociedades Contemporâneas, enfatizando a produção e circulação de sentidos de discursos, narrativas orais, História Cultural e Social, Memória Cultural e Colonialidade do saber e Epistemologias do Sul, privilegiando o uso do método histórico, biográfico e autobiográfico, a análise documental e a análise de discursos, bem como, pesquisas de campo com o uso das abordagens da História Oral e da Netnografia, com produção de artigos e a organização de obras coletivas com coautoria; Possui dois livros publicados: Capoeira: o preconceito ainda existe? (2010) e As Narrativas dos Mestres e uma História Social da Capoeira em Teresina-PI: do pé do berimbau aos espaços escolares (2016); Orienta projetos de pesquisa PIBIC/CNPq e coordena Projeto de Pesquisa Institucional; Coordena o Núcleo de Pesquisas em História Cultural, Sociedades e Historia da Educação Brasileira/NUPHEB; Docente e orientador no PPG Mestrado Interdisciplinar Sociedade e Cultura/UESPI, na Linha Relações Étnico raciais e Sociedade; Elaborou três obras em EaD (História da Educação Brasileira, Educação de Jovens e Adultos e Movimentos Sociais e Educação), ministrando a disciplina de Pesquisa Educacional e orientando TCC na modalidade Ead pela Universidade Federal do Ceará; Atualmente desenvolve as pesquisas: “Fragmentos da História Social da Capoeira teresinense: investigações imagéticas e oralidades”, “História Social das Mulheres Capoeiristas Teresinenses” e “A Capoeira nos Quadrinhos Nacionais: sentidos e significações de personagens capoeiristas”. Atua na educação superior como Professor no curso de Pedagogia, UESPI, no Campus Torquato Neto, onde organizou uma Gibiteca e pesquisa sobre Quadrinhos, especialmente sobre a produção de sentidos, acerca de variadas temáticas, sempre articulando e trazendo para o diálogo a temática da Capoeira, arte que entrou cedo em sua vida, ainda nos idos de 1979, com 15 anos de idade. Foi por meio da Capoeira que rodou o Brasil inteiro e alguns países pelo mundo, tais como, Venezuela, Colômbia, Itália e Noruega. É Mestre dessa arte e desenvolve o projeto de Extensão Universitária Escola da Arte Capoeira, com aulas gratuitas para a comunidade acadêmica e do entorno social, espaço em que já foram produzidos diversos produtos e trabalhos acadêmicos, desde a Graduação, até estágio de Pós-Doutoramento. O interesse central de seus estudos e pesquisas, conforme ressaltado, é a Capoeira, por meio da qual cria interfaces com os mais diversos campos, disciplinas e teorias acadêmicas. Concebe, aborda e aprofunda investigações que trazem à tona os aspectos da Capoeira enquanto uma Pedagogia Social da Rebeldia, da Resistência e da Afirmação, efetivando imersões teóricas que possibilitam aprofundar o potencial desta e de outras culturas do Povo enquanto ferramentas educacionais, em espaços educacionais formais e não-formais. É membro do Observatório de História em Quadrinhos da ECA/USP e do Núcleo de Estudos em Filosofia da Educação e Pragmatismo, do(a) Universidade Federal do Piauí.

e-mail: robsonuespi64@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9447533999103310

ORCID:  https://orcid.org/0000-0003-3818-6464

Publicações:

Tese, Dissertação e Relatório de Pós-Doutorado:

Textos publicados:

Orientações: